Archive for the ‘Música’ category

Rage – Strings To A Web

março 12, 2010

Uma excelente notícia para os fãs da banda alemã Rage! Finalmente, temos em mãos novamente um álbum do power trio do qual podemos nos orgulhar. “Strings To A Web” é, de longe, o melhor trabalho deles desde o “Soundchaser” de 2003, e se percebe muito da essência desde último no novo trabalho.

Após dois discos (“Speak Of The Dead” de 2006 e “Carved In Stone” de 2008) marcados por uma certa frieza e distanciamento de suas origens, o Rage resgata o clima discontraído e eficiente de primorosos trabalhos anteriores. “Strings To A Web” propicia uma experiência auditiva muito agrádavel, abusando de ótimos melodias, arranjos cuidadosos e peso, bastante peso! A impressão que se tem é de que Peter Peavy Wagner (voz e baixo), Victor Smolsky (guitarra) e Andre Hilgers (bateria) estão novamente em sintonia, fazendo tudo fluir muito naturalmente.

“Strings To A Web” traz todos os trunfos do Rage. São toneladas de refrões grudentos, riffs pesados, ótimos solos, enfim, tudo aquilo que os fãs da banda esperavam há anos para ouvir de novo. Na verdade, ainda temos aqui alguns toques bem progressivos que se encaixam muito bem no peso do power metal executado pelo trio.

Alguns críticos tem ressaltado que o Rage é uma banda que não buscou evoluir seu som ao longo dos últimos anos, apesar da imensa qualidade técnica dos músicos. Mas, sinceramente, eles não precisam evoluir. O que eles precisavam fazer, foi feito, ou seja, retornar à sua essência, relativamente ausente desde o álbum “Soundchaser”. A música do Rage é bastante característica, é moderna, cativante, pesada. Não é nada que vá fundir o seu cérebro ou encerrar a sua busca por elementos novos no heavy metal, mas é extremamente eficiente. Evoluir, nem sempre é resposta pra tudo…vide o Iron Maiden, na estrada há décadas fazendo o mesmo som…

Enfim, “Strings To A Web” já é um cd garantido aqui nas prateleiras da Caverna! Fico feliz pelo retorno do Rage ao som que lhe colocou como uma dos expoentes do heaby metal alemão. Agora, amigos, afastem o a mesa da sala, tirem as crianças do recinto e aumentem o som, porque é porrada na orelha!

Tracklist

01. The Edge of Darkness
02. Hunter and Prey
03. Into the Light
04. The Beggar’s Last Dime
05. Empty Hollow
06. Strings To A Web
07. Fatal Grace
08. Connected
09. Empty Hollow (Reprise)
10. Saviour Of The Dead
11. Hellgirl
12. Purified
13. Through Ages
14. Tomorrow Never Comes

Anúncios

Sons Of Liberty – Brush-fires Of The Mind

março 7, 2010

Tenho certeza de que pouquíssima gente já ouviu falar desse recente trabalho do guitarrista John Schaffer. Bom, o cara é simplesmente o fundador e principal compositor da fodástica banda de power metal americana Iced Earth. Após o lançamento e durante um intervalo na turnê do último álbum de estúdio da banda, “The Crucible Man”, Schaffer decidiu se dedicar a um projeto solo que há tanto tempo vinha idealizando. Eis que nasce o Sons Of Liberty.

John Schaffer decidiu mostrar, ou melhor, escancarar, as suas visões políticas e usou o Sons Liberty como o veículo. O álbum intitulado “Brush-fires Of The Mind” é politicamente engajado e traz nove faixas que expõe todo o ideário do guitarrista além de críticas ao atual governo americano e sua forma de dominação e exclusão. Schaffer, que descende de uma família que sempre esteve envolvida e atuante, de diversas formas, nos principais acontecimentos da história americana, baseou sua abordagem desse polêmico tema em várias pesquisas, livros e documentários que ele mesmo disponibiliza no site do projeto: www.sons-of-liberty.net

Não posso deixar de frisar que John Schaffer não tem a intenção de provocar uma revolução ou pregar nenhum tipo de doutrina anti-governista. Em entrevistas, ele deixou claro que ele apenas está expondo fatos que são desconhecidos de muita gente e que exigem uma certa reflexão. Se o cara, fosse um escritor, provavelmente teria escrito um livro sobre o assunto. Ele foi consciente o suficiente de não usar o Iced Earth para tal, abrindo assim um novo canal de comunicação com seus fãs, separando o joio do trigo. O projeto foi todo bancado por Schaffer e está disponível para download (sim, ele inteirinho para download!) no site do Sons Of Liberty ou à venda, em qualdiade superior, por míseros US$ 7,99.

Musicalmente falando, estamos falando e um álbum incrível, fora de série. Possivelmente o melhor lançamento na linha do power metal de 2009. Para defini-lo em uma só frase, acho que “Brush-fires Of The Mind” é tudo aquilo que o último álbum do Iced Earth deveria ter sido. As guitarras são o ponto alto do cd. Muito bem trabalhadas, timbres diferenciados, algo um tanto quanto mais complexo do que Schaffer mostra costumeiramente no Iced Earth. Os riffs são cavalares, empolgantes, com a pegada característica de John.

É surpreendente também ouvir o sisudo guitarrista do Iced Earth quebrando tudo nos vocais. Os fãs já tinham algumas amostras da voz de Schaffer em músicas como “Stormrider” e diversos outros backing vocals, mas no Sons Of Liberty, quem manda é ele! A voz de Schaffer soa bastante parecida com a de Matthew Barlow, vocalista do Iced Earth, principalmente nas regiões mais graves e médias. Schaffer não arrisca nada fora do comum, mas faz um trabalho competente, seguro e de personalidade.

Não improta se você desaprova a postura de Schaffer ou não concorda com as críticas que o Sons Of Liberty traz à tona. O importante aqui é o trabalho musical de primeiríssima categoria com que o líder dos Iced Earth nos presenteia. Portanto, deixa de frescura, baixa isso logo e deixa a porrada na orelha comer solta!

TRACKLIST:
01. Jeckyll Island
02. Dont Tread On Me
03. False Flag
04. Our Dying Republic
05. Indentured Servitude
06. Tree Of Liberty
07. Feeling Helpless
08. The Cleansing Wind
09. We The People

Guns N’ Roses fazendo shows surpresa em NY

fevereiro 18, 2010

A temporada de caça ao Guns N’ Roses está aberta em Nova York! Nesse período que antecede a vinda da banda para a América do Sul, os músicos têm feito shows sem qualquer divulgação pelos clubes e bares da cidade!

São apresentações acústicas, num clima bem intimista e amistoso. Sorte das pessoas que estavam nos lugares certos, nas horas certas para presenciar esses momentos únicos, possíveis somente nos devaneios mais selvagens dos fãs. Confira algumas fotos do que tem rolado:

 

O set que o Guns vêm tocando nesses shows acústicos tem sido o seguinte: 

1. You’re crazy
2. Mr. brownstone
3. Used to love her
4. Welcome to the jungle
5. Street of dreams
6. Sorry
7. It’s so easy
8. Patience
9. Rocket queen
10. Catcher in the rye
11. My Michelle
12. Knockin’ on heaven’s door
13. Paradise City

E aí? Dá pra acreditar numa coisa dessas? E você tomando uma cerva no pé sujo da esquina ouvindo aquele sujeito cantando Nelson Ned no videoquê…tsc tsc tsc.

Tarot libera capa do novo álbum

fevereiro 12, 2010

O Tarot, banda finlandesa de heavy metal liderada pelo fodástico baixista Marco Hietala já está com a data do lançamento de seu nono álbum de etsúdio marcada. O trabalho, chamado “Gravity Of Light”, chega às lojas no dia 23 de abril, pela Nuclear Blast Records.

A capa também foi divulgada e você confere aqui:

Pra quem não sabe, Marco já foi integrante do Synergy e é também baixista da chatice do Nightwish. Mas apesar disso, seu trabalho no Tarot segue uma linha bem diferente. É um som muito mais direto, com peso e personalidade. Em breve, a resenha do “Gravity Of Light” aqui na Caverna!

Ozzy nas telonas!!!

fevereiro 10, 2010

Ozzy Osbourne anunciou que pretende produzir um filme baseado em sua autobiografia “I am Ozzy”, lançada em outubro de 2009. O Madman declarou ao jornal New York Post que o roteiro já está sendo escrito.

Quando questionado sobre que ator Ozzy gostaria de ver interpretando a ele mesmo nas telonas, o músico não poupou ousadia:

“Definitivamente Johnny Deep! Ele é um dos poucos atores que entendem de rock e que sabem imitar muito bem o sotaque britânico.”

Quer saber? O Ozzy tá é coberto de razão! Há!

Aerosmith – a busca pelo substituto de Steven Tyler

fevereiro 10, 2010

Todo mundo já ouviu por aí a novela que está rolando entre  vocalista sexagenário Steven Tyler e os demais integrantes do Aerosmith, né? Pois bem, aparentemente a primeira semana de fevereiro foi bem agitada para a banda no que diz respeito à procura de um possível substituto para o músico.

A revista Classic Rock revelou alguns dos nomes de peso que o Aerosmith teria contactado nos últimos dias para assumir os vocais da banda durante o período de ausência de Steven Tyler. Entre eles, temos ninguém menos que Paul Rodgers, Billy Idol, Chris Cornell, Gary Cherone e o mais cotado, o fodástico Sammy Hagar!

De acordo com a revista, fontes garantem que um convite formal foi feito e que Sammy aceitou asusmir os vocais do Aerosmith durante a turnê que a banda prepara para o verão americano. John Carter, empresário do ex-integrante do Van Halen, conversou com a Classic Rock e não negou a notícia, embora não tenha confirmado nada.

No início dessa semana, Joe Perry, guitarrista do Aerosmith, concedeu uma entrevista exclusiva para a própria Classic Rock, dando maiores explicações sobre a situação e afirmando que não há nada definido até o momento:

“Steven não saiu da banda, nem nós o tiramos. Estamos adotando a atitude de que ele está saindo de férias do Aerosmith. Enquanto ele estiver longe trabalhando em outros projetos, o restante de nós quer continuar a tocar ao vivo. Então traremos outro cantor para fazer isso acontecer. Não somos tolos o bastante para pensarmos que podemos substituir Steven, e não é nosso plano. Mas após 40 anos trabalhando juntos, só não queremos parar. Por quanto tempo Steven ficará longe? Ele diz que serão dois anos, mas eu acredito que ele esteja de volta bem antes. Pode ser que terminemos fazendo apenas 10 shows com a nova pessoa!”

Hmmm…só sei q no meio desse blá blá blá todo, eu fiquei muuuito pilhado de ouvir o Sammy Hagar cantando alguma coisa do Aerosmith. Será???

Van Canto – divulgados capa, tracklist e clip do novo álbum, “Tribe Of Force”

fevereiro 6, 2010

Mais um integrante do incrível Hall dos Fodásticos da Caverna. A banda alemã de heavy metal à capella Van Canto revelou recentemente a arte de capa e o tracklist do seu novo álbum “Tribe Of Force“. Dá uma conferida na imagem e nas músicas, que ainda contam com algumas participações especiais:

1 – Lost Forever
2 – To Sing a Metal Song
3 – One to Ten (featuring RAGE guitarist Victor Smolski)
4 – I Am Human
5 – My Voice
6 – Rebellion (GRAVE DIGGER cover featuring Chris Boltendahl)
7 – Last Night Of The Kings
8 – Tribe Of Force
9 – Water. Fire. Heaven. Earth.
10 – Master of Puppets (METALLICA cover)
11 – Magic Taborea
12 – Hearted (featuring Sonata Arctica vocalist Tony Kakko)
13 – Frodo’s Dream

Ainda como parte da campanha de divulgação de “Tribe Of Force”, já está no ar o vídeo da música “Lost Forever”. É só dar o ‘play’!!!

O lançamento desse novo trabalho do Van Canto está previsto para a última semana de fevereiro na Europa e primeira semana de março, para Canada e EUA. Em breve, resenha aqui na Caverna, meus caros!